24 de novembro de 2009

Tempo tempo tempo tempo...

“(...) seu signo ascendente é Câncer que, combinado ao seu signo solar Áries, resulta num padrão psicológico que revela uma pessoa emocionalmente muito viva, que sente as coisas de uma forma intensa, ainda que um tanto quanto dramática. Para compreender melhor como se processam suas emoções, convém se permitir momentos de reflexão e um autocontrole maior. Surtos de explosão podem ser comuns, a não ser que sua educação tenha corrigido esta tendência (...) Áries é um impulsivo, objetivo e quase sempre vai direto ao ponto. Câncer no ascendente dá uma "freada" neste seu lado mais ariano, o que pode lhe causar algum incômodo. Com o tempo, você percebe que seu melhor curso de ação envolve um processo um pouco mais indireto, além de mais paciência em relação aos objetivos de longo prazo”.
´
E é bom perceber como as mudanças vêm surgindo. Mas elas vêm devagar... E os surtos de explosão ainda permanecem, com intensidade menor, menos frequentes... mas acontecem. E muitas vezes o surto é controlado, mas fica avontade de gritar inacabada. Por isso preciso tanto de uma atividade física, que me permita extravar depois as coisas... o boxe, por exemplo. Cada soco um grito a menos.

O tempo está quente demais em Alagoinhas. Abafado pra xuxu. Salvador não está muito diferente, noutros lugares também não, me dizem. Mas em Salvacity tem a brisa do mar pra amenizar as coisas... Mas aqui.. arf. só banho de pia.

...

Contando os dias pro din din sair. Só pra ver ele mesmo. Porque ela vai embora tão rápido quanto veio. São as agruras trabalhistas né? fazer what?
Na lista de pendências o item number 0 é auto-escola. Pagar contas atrasadas e uma geladeira também estão na disputa.

...

Ontem eu e Milena falávamos sobre pautas: o excesso e a falta delas. O lance irritante de não ter pauta numa assessoria é que vc precisa usar seus dois neurônios mais espertinhos pra criar notícias boas sem encher muita linguiça. Uma tarefa árdua meus caros... já que encher linguiça é o up da coisa.

...

No mais, permaneço sem tempo extra, dormindo mal, com saudade ininterrupta de Juan e querendo a sorte de um amor tranquilo. fudida, estrupiada e com aquele sorriso imbecil de quem acredita que tudo tudo vai dar pé. Wonan, no cry.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!