29 de novembro de 2009

Sei que nada será como antes, amanhã....

Finzinho de domingo, postando direto de salvacity. O fim de semana foi tudo de bom. Queria ter visto meu povo também, mas tem sido realmente difícil desgrudar de Juan nesses tempos de seca semanal maternal. Tive a sensação de esticamento desses dois dias. Uma sensação bem boa em verdade. Não posso dizer que de sexta pra cá foram flores apenas, mas o frescor das que vieram permanceu nos momentos em que se fizeram ausentes.

Sinto algumas coisas se encaixando. Sinto também que 2010 será um ano bem promissor.
Essa será uma boa semana, já que minha casinha começará a tomar formas novas e novos sentidos. Não vejo a hora de vê-la colorida, cheia de quadros e gente. Já decidi que em janeiro farei um chá regado a feijoada de dona Vânia, mas, provalvelmente por aqui mesmo, ou quem sabe alugamos uma van pra todo mundo ir conhecer Alagodé heim?? rs Seria uma ótima!

Muitas coisas para retomar. Muita coisas para começar, recomeçar, aprender, reaprender...
Já arrumei a mochila de volta e dessa vez meus patins vão junto. Não tem porque deixa-los parados aqui com saudades do chão. Seguem junto as tintas e os pincéis também. Nada de ficar parada e deixar que as frestas se fechem para os raios de sol. Quero ver acontecer os dias e as noites e ocupar as madrugadas insones, principalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!