4 de agosto de 2010

A vida humana é, na maioria das vezes, uma roda incessante de repetições. É quando finalmente paramos para entender melhor o que tanto se repete em nossas existências que é possível dar um salto e amadurecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!