20 de agosto de 2010

Quando se perde o respeito por alguém, perde-se tudo.

 
Sabe quando você perde todo o restinho de consideração e admiração que tinha por alguém? Pior é quando se está fadado a conviver com essa pessoa cotidianamente. Sempre digo que gerir não é uma coisa fácil, em nenhuma instância. É preciso imprimir sua marca, é preciso impor respeito. Mas acima de qualquer coisa, é preciso respeitar e saber se fazer respeitar. Quando se perde o respeito por alguém, perde-se tudo.

O ambiente de trabalho é um campo minado: não devemos nos abrir tanto para as pessoas, precisamos nos manter serenos, numa postura mais objetiva, ao mesmo tempo em que convivemos mais com essas pessoas do que com os nossos familiares e amigos. Portanto, saber ponderar e encontrar os limites entre a ética trabalhista e as regras do bom convívio é essencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!