25 de agosto de 2010

E como diz o Arnaldo...

"As coisas têm peso, massa, volume, tamanho, tempo, forma, cor, posição, textura, du-ração, densidade, cheiro, valor, consistência, pro-fundi-dade, contorno, temperatura, função, aparência, preço, des-tino, idade, sentido. As coisas não têm paz".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!