7 de dezembro de 2009

A pérola nasce do sofrimento da ostra...

Dezembro chegou lascando e eu ainda não fiz minhas listinhas. Adoro. Vivo fazendo pequenas reflexões sobre o que fica, sobre o que vai, mas no final de um ano, tudo fica mais potente, as esperanças ficam latentes, os desejos renovados... gosto bastante desse clima.



Chega a hora de identificar as pessoas, as coisas, os hábitos e as situações que não nos serve mais e se despedir gentilmente. Adoro rituais. Respeito-os, ainda que não entregue a todos eles o meu acreditar por inteiro. Tenho os meus e neste 2009 me propus a retomar alguns outrora perdidos. Um passo pra frente, senti.



E "quando tudo pede um poucou mais de calma, quando tudo pede um pouco mais de alma, eu tento ter paciência" e vou seguindo. Esse fim de semana, mais que nunca, percebi o quanto Juan está ansioso para ir pra casa nova, viver o novo. Faz quase um mês que ele começou a escrever um diário. Lindo.

Lindo também, já que estávamos falando sobre rituais, essa coisa da criança, desprendida ainda de tantos deles. Para elas o começo é sempre, não precisa de data. Fantástico.

Então que no diário - que ele pede que eu leia - o que mais há são contagens para as férias. E de uma semana pra cá, quando as benditas chegaram de fato, não há um dia em que ele não registre a sua vontade de vir logo pra Alagoinhas. E nós conversamos bastante sobre isso no fim de semana. bastante. E Juan, engraçado como é, com aquelas tiradas irreesistíveis:

- Ju, entenda, nem tem como vc ir pra casa agora filho, primeiro que são suas férias, vc já tá com um roteiro massa aí e tal, e sepois, não tem nada em casa ainda, geladeira, fogão, saca? não tem nada...

- Sim mãe, mas a gente não sempre acampa assim?


rs. pois é.

hoje é dia 7 - adoro esse número - e na fé de jah vai rolar um descanso entre o natal e o reveillon. E por falar nisso.. preciso programar o meu...
Hoje tem visita à zona rural. Adoro! Vou aproveitar e trazer umas toras de madeira pra fazer arte em casa. Delícia.

Um comentário:

  1. Amor. Amo tudo o que vem de você. Queria muito ter um blog. Quando vc vier aqui, de novo, vou lhe pedir prá fezer um prá mim. Prá eu poder colocar tudo o que quero dizer e, às vezes, fico calada... pensando, apenas... Enfim, amei o que escreveu. Pense mesmo em tudo o que quer fazer e faça.. tudo!!! TE AMO!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Abra a boca e mostra a língua!