16 de dezembro de 2009

Os velhos olhos vermelhos voltaram
Dessa vez
Com o mundo nas costas
E a cidade nos pés
Pra que sofrer se nada é pra sempre?
Pra que correr, se nunca me vejo de frente

Parei de pensar e comecei a sentir
Nada como um dia após dia
Uma noite, um mês
Os velhos olhos vermelhos voltaram de vez

*Capital Inicial

3 comentários:

  1. Sabe que eu nunca tinha reparado nessa letra...

    ResponderExcluir
  2. Detalhe: eu gosto mais da letra que da música. Gosto da letra, palavra. Mais que do palavra cantada.

    ResponderExcluir

Abra a boca e mostra a língua!