1 de novembro de 2010

"Te ver e não te querer, é improvável, impossivel... Te ter e ter que esquecer: é insuportável a dor, incrível..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!