1 de fevereiro de 2010

Psicodelia.

Há caroços de milho virando pipoca na minha cabeça.
Cada dia um novo sol e uma nova simetria.
Amo as minhas imperfeições mais e mais.

***

Tô pensando em me jogar numa pós. Tenho sérias dúvidas sobre entrar ou não agora na UFBA como aluna especial. Achoq ue tá cedo as vezes, depois acho que pode ser e desse talvez eu nunca saio. Mas uma hora vinga, como tudo em minha vida.

Ando mais entendida sobre minhas funções. Conseguindo separar o técnico do político de uma maneira mais cautelosa, me afastando do segundo com passos mais firmes, potencializando-me no primeiro de forma mais enfática.

Minha madrugada foi insone e transcedente. A cada clarão, os pingos da chuva reluziam em minha janela. Trovões, relâmpagos e um escuro assustador. Pelo menos Juan estava lá, mesmo no décimo sono, pra me dar a mão. Dormi agarrada nele, espantando medos.

E falando na figura, ele criou um novo verbo: inovecer.
Sinônimo de rejuvenecer.
Ele é incrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!