1 de outubro de 2009

"Tô trancado aqui no quarto, de pijama, porque tem visita estranha na sala, aí, eu passo a vista no jornal"

Gente... Eu tô numa crise geral com esse blog, porque blog pra mim tem de ter uma finalidade útil. Por isso tenho os outros.... Antes eu até gostava de vir e fazer crônicas de meus dias, mas ultimamente isso virou pauta de questionametos diversos, então... Ou eu aprendo a escrever crônicas de fato ou abandonarei o poética, deixando aqui para quem quiser ler um dia... rs

Queria descrever a poética cotidiana dos meus dias aqui, como faço em casa, sentada na latrina, antes de dormir. Mas sem net em casa fica chato, porque eu parto inevitavelmente para o papel e a tinta me consome os devaneios todos. As vezes eu tenho lapsos de vontade de escrever sobre o que se passa nas manhãs que antecedem meu enontro com a net - e consequentemente com minha possibilidade de escrever e postar; mas tudo se perde, não como se fossem devaneios tolos, pois se perdem pra dentro. Se perdem porque para ser resgatados seria preciso um tempinho bacana e tal...

Não tenho nada contra fazer do blog um diário aberto interessante. Mas sigo achando que se fosse possível fazê-lo no fim dos dias, seria ótimo. Por enquanto, não dá.

Vamos em frente. Para aqueles que reclamam pela falta de textos por aqui, peço paciência. E fazer greve de comentários é injusto! e não resolve o problema! rs
Já já resolvo essa questão da net/casa. E vamo ver agora quem é que vai 'guentar', como diria o Raul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!