29 de outubro de 2009

O que eu queria dizer...

“- Você reclama de barriga cheia.

Adoro essa frase. Ela separa os medíocres dos sonhadores. Ela determina o perfil dos conformados e confronta os questionadores. Quem vai mudar alguma coisa nesse mundo se não parar para perguntar o porquê das coisas? Portanto, fico desse lado. Do lado dos que reclamam. Por que sei que sou capaz de reclamar e de fazer também. Questionar é só deixar de aceitar as coisas como elas aparecem”.

Enfim.

3 comentários:

  1. Eu só reclamo de barriga cheia. Fazer que é bom, necas...

    ResponderExcluir
  2. Isa,



    É isso. Mas tem que gerar em si mesma o contraponto daquilo que critica. Porque, muitas vezes, não se encontra lá fora o que vc quer parir.




    Beijos,







    Marcelo.

    ResponderExcluir
  3. Eu tento gerar, quase sempre. Às vezes o contraponto vem intrínseco, às vezes me parece por demais evazivo e outras tantas, nos encontramos depois, apenas.

    Muitas vezes eu sou um não gritando um sim exaustivamente. rs

    ResponderExcluir

Abra a boca e mostra a língua!