8 de setembro de 2010

Florbela Espanca

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!