23 de março de 2010

Post bosta.

Nossas angústias são proporcionais às nossas responsabilidades.


Eu era muito mais feliz quando bebia o iogurte sem saber quanto custava, isso lá pelos idos dos anos 80. Depois, nos 90, comecei a ter noção desse valor, mesmo sem tirar do bolso pra pagar e à medida que os cifrões ganhavam mais lugar em minha vida, menos gostosas ficaram as coisas.


Ou não??


Então... É bom ter responsabilidades. Na verdade, na verdade, o bom mesmo é ser dono do próprio nariz. Mas que agora, agora, eu não me importaria se um moreno, alto e gostoso aparecesse me oferecendo sorvete de graça...


Tudo fora de eixo né? xá pra lá essa conversa sem pé, sem cabeça. Hoje eu tô leminskiando: “minha cabeça anda às tontas como se todas as coisas fossem afinal de contas”.


...

Mas pô, queria o que? Aniversário chegando, fim de mês sem grana, tpm... ai que falta de ânimo pra ser conclusiva meu deussssss!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!