18 de março de 2011

Só pra não explodir por dentro..

O que eu queria de verdade em relação a Ele?

ah porra.. sei lá.. que ele descobrisse que eu quero ser sua mulher.
ok. eu sei. Mas como vou falar? e pra quê, se já sei a resposta?

Eu sei que ele me ama, mas de um amor fraternal e nada mais. é grande? claro! E por isso decidi a muito tempo não mexer mais nisso, porque ter ele na minha vida com garantias estendidas é mais importante que tentar um love afair.

Tá. eu também não acredito tanto nisso. Mas eu preciso acreditar e aquietar meu coração. Não posso viver em sobressaltos por quem pouco se abala com a minha presença. Ou com a minha ausência. Sente falta claro. Os amigos sentem falta. Querem estar juntos também. Porra, vamos sair do óbvio?

Ele não me ama de amor romântico, pô. Nunca se apaixonou por mim. E eu também já não sou apaxonada como antes, tudo bem. Mas... é bem maior que tudo que eu consiga explicar. Só isso. Tudo isso, tá. Mas, e daí? Ele não quer, nunca vai querer. Então é melhor que eu esteja sempre partindo pra outras mesmo, preciso ocupar os espaços, porque não tenho nem empo pra viver devaneando né? me poupe...

Sim, eu também acho que até tenha um pouco de tesão. Mas ele não vai se permitir também, porque sabe que pode dar merda. Ele sabe que sou eternamente apaixonada por ele. Claro que sabe meu bem. Sabe que sinto ciumes, sabe que tenho desejos... Ele.. Cuida pra que isso não me machuque, eu acho. Porque gosta muito de mim. Sim. Mas não é apaixonado. Tendeu?

Eu também não sei o que quero com certeza. E quem sabe?????

Eu queria ele mais perto, queria que me olhasse com paixão... Que tivesse vontade de me beijar, muito, muito, por horas e horas.. que me desejasse, que sentisse minha falta, que pensasse em mim primeiro quando quissse dividir...

Nós temos um pouco disso. Mas como melhores amigos ou qualquer coisa parecida. E eu devia agradecer por ter isso e agradeço, entende? Mas seria maravilhoso ser mais que isso, ser a parceira, dormir com ele, jogar xadrez, ter dor na barriga de tanto rir por besteira e depois de ver juntos o nascer de mais um dia, ver os seus olhos nos meus olhos falando de amor à nossa maneira...

Seria o único a quem me entregaria por inteiro.
Será o unico pra quemnunca vou me entregar...

4 comentários:

  1. vou trocar o post por uma conversa de arranca rabo de pé de orelha. rs

    ResponderExcluir
  2. P.S: eu tive um pequeno impulso de dizer agora "ah, ele é um idiota".. mas nem é sabe? eu é que insisto em viajar demais... enfim. se Ele ler, nem vai saber que é Ele. tendeu? é por aí...

    ResponderExcluir

Abra a boca e mostra a língua!