21 de março de 2011

Acorda, maria bonita...

Quando a gente guarda um segredo, bem lá no fundo, no fundo do peito, coisa forte e traiçoeira que faz a gente desandar... É bom ter cuidado, cuidado de sobra: entra pequeno, se instala e cresce, multiplica e te devora, faz sonhar em devaneios, não dá vontade de acordar... Mas guardar segredo é perigoso, há de se cuidar, seu moço! Começa a doer pequenininho, mas se explode lá por dentro, pode não cicatrizar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!