7 de dezembro de 2010

As vezes, no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra a boca e mostra a língua!